• Marketing Formação

Não há uma poção Mágica: O caminho para o Sucesso no Marketing

Talvez pense que os marketers de topo bebem uma bebida mágica que os torna bem sucedidos. Mas o segredo não está na bebida. Está no seu comportamento. Lêem imenso, nunca param de estudar, procuram aprender com os sucessos e com os erros.

Como é que se tornou tão bem sucedido no marketing? E porque é que todas as suas campanhas de marketing parecem ser tão bem sucedidas?” – questões que coloquei muitas vezes a profissionais de marketing ao longo dos anos. As respostas eram sempre as mesmas:

Livros MarketingQuando se estuda os grandes marketers dos últimos 100 anos, notamos que todos eles colocam uma enorme ênfase no estudo. Para se tornarem mesmo bons naquilo que fazem, todos eles estudavam marketing todos os dias. E todos eles acreditam que estudar tornou-se essencial para o seu sucesso.

Ler livros, é essencial para todos eles. E não apenas os livros da nossa área de actividade profissional, mas todo o tipo de livros, como os relacionados com o comportamento do consumidor, a psicologia, a economia, entre muitos outros.

Ao ter interagido com muitos profissionais, reparei que muitos deles são grandes conhecedores de assuntos e áreas muito diferentes – não apenas de marketing – e que isso pode ter a ver com a sua curiosidade natural.

A necessidade de estudar marketing nunca acaba

Ao longo do meu percurso, constatei que os profissionais de marketing de topo assistem a muitos workshops e seminários de marketing. Nunca perdem uma oportunidade para aprender e percebem que a repetição é importante.

Em seminários e conferências, reparei que muitos oradores chegavam, faziam as suas apresentações e saíam cedo. Mas o mesmo não acontecia com os profissionais de marketing de topo. Esses chegam cedo, fazem a sua apresentação e ficam até ao fim. São pessoas que escutam e que se comprometem a fazer uso de todas as oportunidades que têm para aprender mais.

Alguns dos gurus de marketing que conheço têm um programa para a sua própria educação continua. Investem bastante tempo e dinheiro anualmente para obterem formação especifica em marketing.

“Sou curioso, quero saber”

Ser curioso é uma característica poderosa para qualquer um que queira ser bem sucedido em marketing e comunicação.

Normalmente, as pessoas que lideram nas suas áreas profissionais são curiosas e as maiores inquiridoras dentro de uma sala. Colocam questões e mais questões. Querem aprender e compreender como é que as coisas funcionam.

Se pensar nessa característica da curiosidade num contexto de um briefing de marketing, isso faz sentido, certo?

As melhores agências de marketing do mundo colocam imensas questões. E fazem-no porque sabem que as questões conduzem à informação. Quanto mais detalhes conhecerem, mais compreendem. Compreender é fundamental para criar, planear, executar campanhas de marketing bem sucedidas.

Eu aprendo com os erros. Eu estudo o erro e o sucesso com o mesmo interesse.

Formação em MarketingPessoalmente, acredito que o erro faz parte do sucesso de qualquer um no marketing, na publicidade e na comunicação. Os marketers bem sucedidos usam os erros para aprender. Eles não vêm a falha como um erro imperdoável, mas como parte do processo para entender melhor, usando depois os “insights”, as suas visões e percepções, para melhorar futuras campanhas.

Tão ou mais importante, reparei que os marketers de topo não têm medo de falhar. Eles sabem que não existe uma abordagem ou resposta perfeita no marketing. E também sabem que o verdadeiro juiz de qualquer actividade de marketing é a audiência.

Por outras palavras, não podemos saber o que a audiência pensa nem como uma audiência vai reagir até que a mensagem lhe chega. É só nesse momento que tudo se clarifica. E é nesse momento que sabemos se fomos bem sucedidos ou se falhámos.

Se ainda não é subscritor da nossa newsletter, pode fazê-lo aqui gratuitamente.

Aprenda com os erros e estude os casos de sucesso

cultura de experimentação no marketingOs marketers de topo também estudam os seus sucessos. Eles não têm qualquer prazer em celebrar apenas os seus sucessos, e sim em compreender porque é que uma actividade de marketing foi bem sucedida. Ter esse conhecimento e atitude não só é valioso, como é essencial, é demandável. É uma parte importante do treino em marketing. E se estudarmos bem a lição, obtemos “insights” valiosos que nos podem ajudar a transformar erros em sucessos.

Quando olho para trás, recordo-me de algumas ocasiões onde a minha equipa ou um cliente foram inflexíveis quando chegou a hora de compreender os “porquês” de uma campanha ter sido um sucesso. Estávamos demasiado ocupados a celebrar os nossos sucessos,  durante a maior parte do tempo, sem querer saber que a chave é compreender o porquê de termos sido bem sucedidos, pois só assim poderíamos replicar o sucesso.

Neste aspecto, criar uma cultura de experimentação pode ajudar. Escreverei mais sobre o que isso pode significar, num próximo artigo.

PS: Neste último ano, talvez um pouco mais, dediquei 45 a 60 minutos por cada dia para estudar marketing. É necessário dedicação e disciplina. E descobri que além de ser altamente útil e importante, também é inspirador.

Gostou deste artigo? Se tiver alguma sugestão ou comentário, utilize a ferramenta de comentários desta página. Caso ainda não seja subscritor da newsletter da Markedu, pode fazê-lo aqui.

Consulte a lista dos próximos eventos realizados pela Markedu e veja se algum dos nossos webinars, workshops ou masterclasses aborda este tema

Partilhe o artigo com os seus amigos e colegas nas redes sociais

By |2016-12-14T16:39:46+00:00Setembro 29th, 2015|Entrevistas com especialistas de marketing e branding|

About the Author:

Michael Leander
Michael Leander, fundador da Markedu, é um reconhecido e premiado orador/formador na área do marketing, tendo apresentado palestras em mais de 40 países em 6 continentes. Como consultor, Michael Leander trabalhou, com empresas como a Bang&Olufsen, Maersk, IKEA Bank, Philips, IBM e Toyota.

Leave A Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.