• importância da

Porque é que o Facebook é azul? A importância da ciência das cores no marketing

Porque é o que Facebook é azul? Entre várias respostas e possibilidades, a Markedu seleccionou a de Leo Widrich, COO e co-fundador da Buffer, que salienta a importância da ciência das cores no marketing.

De acordo com o New Yorker, a razão é simples. O criador do Facebook, Mark Zuckerberg é daltónico. Isso significa que o azul é a cor que o Mark vê melhor. Nas suas próprias palavras, Zuckerberg diz: “O azul é a cor mais rica para mim. Consigo ver todo o azul.”

LEO WIDRICH BUFFER

Leo Widrich, COO e co-fundador da Buffer

Não é altamente científico, certo? Bom, apesar do caso do Facebook não ser o melhor exemplo para o que pretendemos, na realidade existem exemplos extraordinários sobre a forma como as cores afectam as decisões de compra dos consumidores.

Afinal, o sentido visual é o mais desenvolvido na maior parte dos seres humanos. É natural que 90% das análises de testes a produtos sejam conduzidas apenas pela cor.

Então de que forma é que as cores nos afectam e o que é a ciência das cores no marketing? Como à data deste artigo estamos a tentar fazer melhorias no nosso produto, este foi um elemento chave a aprender.

Em primeiro lugar: Consegue reconhecer marcas online beaseando-se apenas na cor?

Antes de apresentarmos as nossas pesquisas, veja aqui até que ponto a cor por si só consegue ser tão poderosa.

Para receber a newsletter da Markedu, que inclui alertas para eventos, clique aqui.

Baseando-se apenas nas cores dos botões, consegue adivinhar a que empresa pertencem?

Primeiro exemplo (fácil):

Primeiro exemplo ciência das coresSegundo exemplo (fácil)

Segundo exemplo ciência das cores

Terceiro exemplo (médio)

terceiro exemplo ciência das cores

Quarto exemplo (difícil)

quarto exemplo ciência das cores

Existem alguns exemplos fantásticos, oferecidos pelo designer do Youtube Marc Hemeon, que julgo demonstrarem melhor o real poder das cores do que qualquer estudo.

Quantas empresas conseguiu reconhecer através dos conjuntos de cores acima? (As respostas estão no final desta página)

Que cores despoletam sentimentos em nós?

Estar completamente consciente sobre que cor nos leva a pensar de determinada maneira, nem sempre é óbvio. A Logo Company apresenta uma excelente descrição sobre quais são as melhores cores para que tipo de empresas e porquê. Aqui apresentamos três bons exemplos:

Cor Preta
preto psicologia ciência das cores
Qualidades:
definitivo, credível, forte, poderoso, preciso, profissional, directo, preciso. Melhor para: construção, empresas, petróleo, finanças, moda, fabrico, cosmética, mineração, marketing, comerciantes.

Workshops, Marsterclasses e Webinars sobre Marketing e Branding – Clique aqui para consultar a lista dos próximos eventos Markedu.

Cor Verde

verde psicologia ciência das cores

Qualidades: natural, orgânico, juventude, acolhedor, instrutivo, educação, aventureiro, ecológico, calmo, natureza. Melhor para: medicina, ciência, governo, recrutamento, negócios ecológicos, turismo, recursos humanos.

Cor Azul

azul psicologia ciência das cores

Qualidades: credibilidade, calmo, limpo, focado, clínico, profissional, judicial, poder, estilo empresarial. Melhor para: medicina, ciência, utilitários, governo, saúde, alta tecnologia, recrutamento, comerciantes, jurídico, tecnologias de informação, dentário, corporativo.

Para receber a newsletter da Markedu, que inclui alertas para eventos, clique aqui.

Guia das emoções das cores

Se também prestarmos atenção ao que as maiores marcas usam, uma série de outras escolhas tornam-se ainda mais óbvias. É claro que todas estas empresas procuram despoletar uma emoção muito específica. Na imagem abaixo, apresentamos um guia de cores com as suas respectivas representações:

guia de cores psicologia ciência das cores

[Tradução do conteúdo do Infográfico]
  • Amarelo: optimismo, clareza, calor
  • Côr-de-laranja: amistoso, alegre, confiante
  • Côr-de-rosa: entusiasmo, juventude, audacioso
  • Violeta: criatividade, imaginação, sensatez
  • Azul: confiança, responsabilidade, força
  • Verde: pacífico, crescimento, saúde

De que forma as cores afectam as compras?

Além disso, e nomeadamente quando queremos comprar alguma coisa, as cores têm um papel preponderante. A empresa de analytics KISSmetrics criou um infográfico surpreendente sobre o efeito da ciência das cores nas compras.

Para mim, a cor verde destaca-se como a mais relaxante que podemos usar para tornar a compra mais fácil. Não a escolhemos intencionalmente como a cor do Buffer, a que temos parece ter funcionado muito bem até agora.

Num segundo olhar, também ganhei consciência sobre o quão frequente a cor preta é usada para produtos de luxo.

Infografico compra em função das cores psicologia ciência das cores

[Tradução do conteúdo do Infográfico]
  • Amarelo: optimista e juvial, cistuma chamara a atenção dos clientes nas montras
  • Côr-de-laranja: agressivo, cria a chamada para a acção: subscrições, compra ou venda
  • Vermelho: energia, aumenta o ritmo cardíaco, cria urgência, é visto com frequência nos espaços, vendas
  • Côr-de-rosa: romântico e feminino, utilizado para promover produtos de mulheres e meninas
  • Azul: cria a sensação de segurança e confiança, encontra-se com frequência na banca e nos negócios
  • Preto: poderoso e elegante, utilizado no mercado de produtos de luxo
  • Verde: associado à riqueza, é a cor mais fácil de ser processada pela visão, é utilizada para promover a sensação de relaxamento nas lojas
  • Púrpura: utilizado para acalmar e reconfortar, encontra-se com frequência no sector da beleza ou em produtos anti-envelhecimento

Como melhorar o seu marketing fazendo melhor uso das cores?

Esta informação até nos pode entreter, mas o que é que podemos aplicar já hoje no nosso website ou na nossa app? A resposta chega-nos novamente através de uma excelente pesquisa realizada pela KISSmetrics.

Se estiver a construir uma app dirigida essencialmente a mulheres, estes são os conselhos que a KISSmetrics oferece:

  • As mulheres adoram: Azul, Púrpura e Verde
  • As mulheres detestam: Côr-de-laranja, Castanho e Cinzento

cores que mulheres gostam e detestam psicologia ciência das cores

Mas se a sua app é dirigida a homens, então as regras do jogo são ligeiramente diferentes:

  • Os homens adoram: Azul, Verde e Preto
  • Os homens detestam: Côr-de-laranja, Castanho e Púrpura

cores que homens gostam e detestam psicologia ciência das cores

Qual a melhor cor para o botão da sua landing page? O teste A/B dá-lhe a resposta

Noutra experiência, a Performable (que foi adquirida pelo HubSpot) quis saber se: mudar a cor de um botão apenas, faz diferença nas taxas de conversão.

Começaram com a simples hipótese de escolher entre duas cores, o verde e o vermelho, para adivinharem o que aconteceria.

Para o verde, a intuição disse que: “O verde está associado a ideias como aquilo que é “natural” e o “ambiente”, e dada a sua utilização nas luzes dos semáforos e do trânsito, sugere a ideia de “avançar” ou de movimento”.

Para o vermelho o pensamento foi: “Por outro lado, a cor vermelha, é normalmente utilizada para comunicar excitação, paixão, sangue e alertas. Também é utilizada para parar perante as luzes do trânsito. Esta cor também é conhecida por chamar a atenção”.

Então, claramente um teste A/B entre o verde e o vermelho resultaria em verde, a cor mais amigável ganharia. Pelo menos, foi isso que adivinharam. E a experiência decorreu assim:

performable psicologia ciência das cores

Que resultados se obtiveram nesta experiência? A resposta foi mais surpreendente do que se esperava: A performance do botão vermelho foi superior em 21%.

O que é mais importante considerar é que mais nada foi alterado: Houve mais 21% de pessoas a clicar no botão vermelho do que no botão verde. Tudo o resto nas páginas era igual, apenas a cor do botão mudou.

Este resultado pode fazer-nos questionar o seguinte: se lêssemos todos os resultados de pesquisa antes desta experiência e questionássemos todos os investigadores sobre que versão eles achariam que seria mais eficaz, muito provavelmente diriam que o verde seria a resposta em praticamente todos os casos. Mas não foi.

Na Buffer também se conduzem dezenas de experiências para melhorar a taxa de conversão através da mudança de cores. Embora os resultados não tivessem sido tão claros, vimos uma grande mudança. Uma hipótese é que para uma ferramenta de partilha em social media, há menos barreiras para subscrever, o que torna a diferença menos significativa.

Apesar de todos os estudos, as generalizações são difíceis de fazer. Qualquer que seja a mudança que faça, trate-a primeiro como uma hipótese e veja como é que uma experiência real funciona para si. Pessoalmente, sou sempre muito propenso para me deixar levar pelas opiniões baseadas naquilo que leio ou nas pesquisas com que me cruzo. Mas os dados vencem sempre a opinião, independentemente de quais forem os resultados.

Lista rápida de factos: Porque é que as hiperligações são azuis?

Este é um assunto que sempre interessou muitas pessoas, incluindo o Leo que ao procurar uma resposta, acabou por encontrar uma história interessante. As hiperligações azuis são as que dão maior contraste entre o azul e a cor cinzenta original dos websites antigos:

websites antigos

Aqui fica a explicação completa:

“Crê-se que Tim Berners-Lee, o principal criador da Internet, foi o primeiro homem a criar hiperligações a azul. O Mosaic, um web browser antigo, apresentava as páginas web com a cor cinzenta de fundo e texto preto. E o azul era a cor mais escura disponível por essa altura, portanto, era a que mais se destacava com o texto em preto. Por isso, para destacar as ligações (links) d0 restante texto a preto, de modo a que ainda fosse facilmente legível, a cor azul foi seleccionada.”

É extremamente fascinante saber que mudar algo tão simples e pequeno como a cor pode alterar completamente os resultados de qualquer coisa.

O que é que descobriu a respeito das cores e do marketing? Gostaríamos de conhecer as suas ideias sobre este assunto.

Solução para a adivinha de Leo Widrich, sobre “as empresas a que pertencem a conjugação de cores”: Primeiro exemplo: Facebook, Segundo exemplo: Google, Terceiro exemplo: Flickr, Quarto exemplo: LinkedIn

Gostou deste artigo? Se tiver alguma sugestão ou comentário, utilize a ferramenta de comentários desta página. Caso ainda não seja subscritor da newsletter da Markedu, pode fazê-lo aqui.

Consulte a lista dos próximos eventos realizados pela Markedu e veja se algum dos nossos webinars, workshops ou masterclasses aborda este tema

Partilhe o artigo com os seus amigos e colegas nas redes sociais

By |2016-12-14T16:39:39+00:00Novembro 10th, 2015|Marketing Digital, Social Media Marketing|

About the Author:

Como jornalista especializou-se em TI e Gestão, tendo escrito em diversas publicações desde o ano 2000. Foi correspondente do JN e da TSF em Paris.

Leave A Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.